Início Jornalismo Hackathon busca caminhos para acelerar o empreendedorismo

Hackathon busca caminhos para acelerar o empreendedorismo

448
0

Permitir que novos negócios sejam alavancados é uma ferramenta importante para o desenvolvimento econômico de qualquer lugar. Com o desemprego como um problema quase permanente do país, criar um ambiente menos hostil para quem quer empreender é uma ferramenta importante para que postos de trabalho sejam gerados.

Hackathon Licenciamento Digital

Utilizar a tecnologia para tornar mais ágil e eficiente a experiência de empreender em Porto Alegre é o desafio central do Hackathon Licenciamento Digital. Será nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, no prédio 95C do Tecnopuc. Realizada pelo Agibank, Pacto Alegre e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, com o apoio do Sebrae/RS, a iniciativa reunirá desenvolvedores, designers, analistas de dados e empreendedores em uma verdadeira maratona criativa, com facilitação da Clash Design.

Serão oito equipes de seis pessoas que passarão pelo menos 38 horas buscando formas de desenvolver uma plataforma digital que torne a abertura de empresas mais ágil e inteligente em Porto Alegre. Para isso, receberão informações, orientação e mentoria especializada de 25 voluntários do Agibank.

“Uma das prioridades do hackathon será buscar soluções que garantam acesso fácil às informações que são necessárias para a abertura de empresas no município”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Eduardo Cidade. Uma das possibilidades, diz ele, é uma plataforma que permita ao empreendedor saber quais atividades econômicas são viáveis em um determinado endereço. “Hoje, esse tipo de consulta ainda é feita manualmente, mediante consulta à Prefeitura”, indica Cidade.

Desafio é facilitar a vida do empreendedor na capital gaúcha/ Foto Luciano Lanes PMPA

“Já adotamos o hackathon como ferramenta para solucionar desafios de negócio há bastante tempo. Agora chegou a hora de colocar a nossa expertise no tema à serviço da comunidade de Porto Alegre, conectando-nos com uma causa muito nobre para o Agibank: aplicação de tecnologia para facilitar os caminhos do empreendedorismo. Isso também será uma das missões do Instituto Caldeira, um grande hub de inovação que vai conectar grandes empresas, startups, venture capital e aceleradoras para transformar o nosso Estado”, comenta Marciano Testa, CEO do Agibank.

“Este formato de evento possibilita que os participantes atuem trazendo métodos ágeis, design focado na experiência do usuário e tecnologia para resolver um problema público. Está no DNA dos participantes esse formato de trabalho ágil, enxuto e inovador”, explica o diretor de Inovação da Prefeitura de Porto Alegre, Paulo Ardenghi.

O que é um hackathon?

A palavra surgiu da combinação do verbo to hack (programar com qualidade) com marathon (maratona, em inglês). Só que nesta pista, os atletas são programadores, designers e profissionais ligados ao software que buscam solução para um desafio.

Com informação de Uffizi Comunicação e Relacionamento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui