Início Colunas OPINIÃO: A intolerância não pode prosperar no Brasil

OPINIÃO: A intolerância não pode prosperar no Brasil

420
0

Por André Machado

Não, não é uma questão religiosa. O ataque à produtora Porta dos Fundos é um atentado contra a liberdade, é terrorismo. O alegado motivo do lançamento de coquetéis molotov contra o prédio é o especial de fim de ano do grupo de humor, onde Jesus Cristo é retratado como gay. Vi o especial, não gostei e minha reação a ele se limita a dizer que é ruim e sem graça. Isto apenas me faz relutar na hora de ver a próxima produção do grupo. Jamais calar alguém que diz o que não quero ouvir.

Felizmente, um vídeo torna mais fácil identificar os responsáveis pelo ataque, conforme relata reportagem do Jornal O Globo. Um grupo autodenominado integralista assumiu em vídeo a autoria do ataques, uma forma típica de grupos radicais como o Estado Islâmico. Ainda é preciso saber se há verdade por trás da mensagem ou apenas uma tentativa de promoção.

Estamos ingressando na terceira década do século XXI. A inteligência artificial deixou de ser ficção científica e está aí para facilitar e desafiar a nossa vida. A tecnologia tem revolucionado (e pode muito mais) a produção de alimentos. E o que fazemos nós com práticas primitivas de eliminação física daqueles que discordamos? Que sociedade vamos construir quando nossas discordâncias se resolvem no soco, na bala ou em ataques terroristas?

Se alguém se sente afetado por uma obra deve buscar o que julga ser seu direito de forma civilizada (aí sim pode entrar o desconforto por questões religiosas). Pode ser com uma crítica sobre a qualidade do produto. Uma crítica ao mau gosto (o que é uma percepção pessoal) sobre a obra. Pode ir ao Poder Judiciário. Mas não pode calar ninguém com base na força. Vivemos e queremos seguir vivendo em uma democracia. Esta será sempre a nossa bandeira e o nosso grito. A intolerância não pode prosperar por aqui. E não irá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui