Início Colunas ARTIGO CONHEÇA O AUTISMO: A guerra contra a balança

ARTIGO CONHEÇA O AUTISMO: A guerra contra a balança

355
1

Por Marco Antônio Moreira, estudante de Jornalismo

A medicina evoluiu muito e continua a evoluir a cada dia que passa. Mas todos os remédios tem efeitos colaterais. A principal reação dos meus medicamentos para o tratamento do TEA são o aumento de apetite. Consequentemente, acabo ganhando peso.

Desde que iniciei o tratamento com as medicações que tomo, acabei ficando mais “gordinho”. Já tentei várias dietas, hoje já desisti! Na escola, sofri um pouco de bullying de alguns colegas por conta do meu peso. Porém posso dizer que já estive mais “gordinho” antes. Atualmente meu peso , apesar de não muito aceitável, está um pouco de acordo com a minha altura. Até um tempo atrás odiava meu corpo. Hoje, até me aceito, mas ainda penso que poderia ter um peso melhor. Se auto aceitar já é um bom começo.

Apesar de estar bem com meu corpo atualmente, estou cuidando melhor da alimentação por outro motivo: minha saúde! Recentemente descobri que estou com o colesterol “ruim” alto. Além disso, tenho medo de acabar sofrendo de problemas cardíacos igual meu falecido pai.

Não posso largar os remédios, senão acabo regredindo no tratamento. As medicações apesar de me causarem estes problemas com o corpo, são necessárias para tratar minha ansiedade e meu TOC. Mas é preciso ter cuidados, como realizar exercícios, não exagerar nas calorias e gorduras dos alimentos, além de ter consultas com bons médicos e psiquiatras e estar em dia com os exames de rotina.

Mas sempre seguindo em frente ….

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui