Início Colunas ARTIGO CONHEÇA O AUTISMO: a hora de escolher a profissão

ARTIGO CONHEÇA O AUTISMO: a hora de escolher a profissão

205
1

Por Marco Antônio Moreira, estudante de Jornalismo

Para os jovens não é fácil escolher a profissão a se seguir, e para nós, Aspies, não é diferente. Eu mesmo tive muitas dúvidas, principalmente no ensino médio. Por que eu escolhi o Jornalismo como profissão? Simples: Eu gosto de muito de histórias, e quero contá-las da minha maneira. Gosto de ler, escrever e me informar sobre assuntos que interessam não só a mim, mas também a maior parte das pessoas.

Como um aspie que tenta a cada dia mais se enturmar com o mundo real, às vezes é difícil seguir as linhas que traçam a minha profissão. Tento ao máximo saber de “tudo” e também a lidar com meus gostos restritos do hiperfoco (e isso é muito difícil, sei bem disso!). Também tento abrir o leque de oportunidades. Em quatro semestres (metade do curso!), já tive experiências que há uns anos atrás jamais pensaria que teria, como por exemplo gravar um curta-metragem e realizar entrevistas em locais que saem da minha zona de conforto.

Nas aulas da faculdade, tento aproveitar o máximo e participar das atividades que são propostas pelos professores. Não é fácil ser jornalista, por isso quero absorver tudo que é ensinado para poder sair preparado da instituição. Este ano, pretendo conseguir um estágio remunerado, além de começar a planejar os trabalhos de final de curso.

Agradeço muito o Centro Universitário Metodista IPA pelo ensino que me é oferecido e pelos seus professores, sempre atenciosos e que se importam com seus alunos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui